Breves
Inicio | Cultura | Fatacil regressa com novidades no espaço e dedicada ao mar

Fatacil regressa com novidades no espaço e dedicada ao mar

FatacilA 35.ª edição da Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio e Indústria de Lagoa (Fatacil) arranca a 15 de agosto dedicada ao mar, com entradas mais baratas e várias novidades, disse ontem à Lusa o presidente da câmara.

A feira tem vindo a diversificar o seu cartaz de concertos e este ano deslocou o palco principal para uma área mais ampla que permite receber entre 10 a 12 mil pessoas, onde atuarão Pedro Abrunhosa, António Zambujo, Deolinda, Quim Barreiros, Lucky Duckies, Richie Campbell, UHF, Ana Moura, a banda de tributo aos Bon Jovi “Bom Giove” e os Xutos e Pontapés, entre 15 e 24 de agosto.

A organização criou ainda um espaço de diversão para os mais jovens, preparou animação para as ruas do recinto e espera que as novidades e a reorganização do evento permitam relançá-lo e aumentar as entradas entre 20% a 25% face a 2013, ou seja, ter mais de 150 mil pessoas no certame.

“Estamos empenhados em fazer uma grande feira que possa relançar a Fatacil enquanto principal evento do género a sul do Tejo”, disse à Lusa o presidente da Câmara de Lagoa, Francisco Martins.

Escolhido como tema desta edição, o mar e os seus produtos vão estar em destaque em vários momentos e espaços do recinto, tendo o autarca destacado uma forte aposta na área da restauração, onde os 11 restaurantes participantes prepararam menus que privilegiam os produtos algarvios, a pesca e o marisco.

Na zona da restauração vai estar um segundo palco por onde vão passar músicos e bandas algarvias.

“Uma das grandes novidades que vamos ter é precisamente a redução do preço dos ingressos de forma a adequar a entrada na Fatacil àquilo que é a realidade económica das famílias de todo o país”, explicou Francisco Martins.

O responsável destacou que, a dois meses e meio do início do certame, a organização já tem 80% dos espaços de exposição reservados, estando já garantidas presenças de perto de 20 novos expositores.

A organização tentou ainda tornar a presença na feira mais apetecível para as empresas do concelho, tendo disponibilizado 20 espaços de exposição a 50% do valor normal.

À Lusa, Francisco Martins confessou que gostaria que os espaços ainda disponíveis fossem preenchidos por empresas do ramo da pesca e das suas fileiras, até porque a edição de 2014 é dedicada ao mar.

“No espaço ‘Amar a terra’, alargado este ano, vamos ter tudo o que são produtos do algarve, do mar à serra, tertúlias, um concurso de mel e o concurso de vinho do Algarve”, adiantou o responsável, acrescentando que o setor equestre vai continuar a ser animado com vários espetáculos e competições e uma noite temática, a “noite ibérica”.

Verifique também

Quarta edição do “365 Algarve” com mais de 400 eventos culturais

A quarta edição do “365 Algarve”, programa cultural destinado a dinamizar a região na época …