Inicio | Sociedade | Observatório critica demora do MAI em dar informações sobre o fogo de Monchique

Observatório critica demora do MAI em dar informações sobre o fogo de Monchique

Foto © Luís Forra/Lusa

O Observatório Técnico Independente criado pelo parlamento para acompanhar os incêndios florestais criticou a “incompreensível demora do Ministério da Administração Interna” (MAI) em lhe enviar informação sobre a intervenção da GNR no incêndio de Monchique de 2018.

“O Observatório não pode deixar de lamentar o atraso nos trabalhos pela incompreensível demora do Ministério da Administração Interna em enviar a este Observatório a informação solicitada à GNR com vista a clarificar a intervenção daquela entidade nas operações do incêndio em apreciação”, refere aquele organismo criado pela Assembleia da República, num relatório sobre o incêndio que deflagrou em agosto de 2018 em Monchique.

No documento, hoje entregue na Assembleia da República, o Observatório Técnico Independente recorda o diploma da sua criação, que estabelece que tem “acesso a toda a informação necessária ao cumprimento da sua missão, estando todas as entidades públicas e privadas obrigadas ao seu fornecimento atempado e aos esclarecimentos adicionais que lhes forem solicitados”.

O observatório técnico independente para análise, acompanhamento e avaliação dos incêndios florestais e rurais que ocorram em Portugal foi criado em 2018 pelo parlamento e entre as suas missões está a elaboração de um relatório sobre o fogo que esteve ativo entre 03 e 10 de agosto de 2018 em Monchique e consumiu mais de 27 mil hectares.

Verifique também

Despiste de motociclo provoca um morto no concelho de São Brás de Alportel

Um homem morreu ontem na sequência do despiste do motociclo que conduzia, na zona de …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR