Breves
Inicio | Sociedade | Trânsito cortado no sentido norte-sul da A2 devido a fogo em São Bartolomeu de Messines

Trânsito cortado no sentido norte-sul da A2 devido a fogo em São Bartolomeu de Messines

Foto © Vítor Matos/Lusa

Um incêndio que deflagrou hoje em São Bartolomeu de Messines obrigou esta tarde ao corte da Autoestrada 2 naquela zona, em ambos os sentidos, mas o trânsito já flui no sentido sul-norte, disse fonte da Proteção Civil.

“Foi necessário cortar o trânsito na A2, em ambos os sentidos, devido ao fumo que se fazia sentir”, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro, precisando que, às 15:19, a autoestrada que liga o Algarve a Lisboa ainda estava cortada.

Contudo, a mesma fonte sublinhou que entretanto já “foi reaberto o tráfego no sentido sul-norte”.

As autoridades receberam às 12:09 o alerta para o incêndio, que está a lavrar numa zona rural “sem colocar em risco edificações” e sem ter causado qualquer dano, referiu ainda a fonte do CDOS.

A intensidade do vento é a “principal dificuldade” sentida na zona de Vale Figueira, em São Bartolomeu de Messines, adiantou, frisando que as equipas de combate estão a deparar-se com projeções que “ganham intensidade rapidamente” e dificultam o posicionamento de meios e o ataque ao fogo.

O incêndio obrigou entretanto à evacuação de um parque de caravanismo no Paúl, disse à Lusa fonte da Proteção Civil, que não conseguiu precisar quantas pessoas foram retiradas.

Em declarações à Lusa, fonte do CDOS de Faro adiantou que as pessoas foram retiradas cerca das 16:30 “por precaução e segurança”, uma vez que o parque de caravanismo “estava na linha do incêndio”.

O incêndio causou também ferimentos num bombeiro, que sofreu queimaduras de segundo grau nos membros superiores quando combatia as chamas e está agora a ser assistido, acrescentou a mesma fonte.

O fogo obrigou ainda à retirada de uma idosa da sua habitação, na Foz do Ribeiro, mas apenas por precaução, frisou à Lusa a mesma fonte.

No terreno, às 18:00, estavam a participar nas operações de combate ao fogo 241 operacionais, com o apoio de 76 veículos e nove meios aéreos, disse ainda a fonte do CDOS.

com Lusa

Verifique também

Câmara de Faro atribuiu nome do padre João Sustelo a praceta da cidade

A Câmara de Faro atribuiu no Dia do Município, 7 de setembro, o nome do …