Pub

Os motards disseram adeus a Faro desfilando em grupo pelas principais artérias da cidade, num circuito com início e fim no recinto onde decorreu a concentração.

Milhares de habitantes e turistas vieram para as ruas ver o desfile. Uma adesão popular significativa que, para a organização da concentração, demonstra o carinho da população local pelos motards.

Para os agentes económicos da região, estes quatro dias significam um grande movimento nos negócios ligados à hotelaria e serviços. Apesar da crise que parece ter impedido que este ano tenham vindo tantos motards quantos os que vieram o ano passado (21 mil e 500), hotéis e estabelecimentos similares esgotaram, restaurantes e bares não tiveram mãos a medir.

Lusa

Pub