Breves
Inicio | Economia

Economia

Ocupação hoteleira no Algarve desce em maio 1,8% comparativamente a 2018

A ocupação hoteleira no Algarve desceu 1,8% em maio deste ano, em comparação com o período homólogo de 2018, quebra que não se refletiu no volume de vendas, anunciou hoje a maior associação hoteleira da região. “A taxa de ocupação global média/quarto foi de 69,8%, 1,8% abaixo do valor verificado em 2018”, informou a Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos …

Ler mais »

Projeto empreendedor apresentado no IX Encontro dos Centros Paroquiais e das Misericórdias

A Diocese do Algarve promoveu no passado dia 15 deste mês o IX Encontro dos Centros Sociais Paroquiais e das Santas Casas da Misericórdia que refletiu sobre o tema do empreendedorismo naquela área. Realizada através do Departamento Diocesano da Pastoral Social, a iniciativa que teve lugar no Centro Pastoral e Social de Ferragudo e cerca de meia centena de participantes, …

Ler mais »

Empresários algarvios reclamam falta de mão de obra em setores que vão sentir impacto da automatização

A destruição de 54 mil empregos no Algarve até 2030 devido à automatização é um cenário distante para empresários algarvios dos setores do turismo e da agricultura, que reclamam falta de mão de obra na atualidade. À margem da apresentação de um estudo da CIP – Confederação Empresarial de Portugal, hoje realizada em Loulé, o administrador de uma cadeia hoteleira …

Ler mais »

Câmara Vila Real de Santo António questiona dados que apontam rutura finaneira

A Câmara de Vila Real de Santo António questionou ontem os critérios que levaram o Conselho de Finanças Públicas (CFP) a incluí-la no grupo de quatro autarquias em rutura financeira, na análise à execução orçamental da administração local em 2018. Segundo o CFP, Vila Real de Santo António é um dos quatro municípios que em 2018 estavam em rutura financeira, …

Ler mais »

Vila Real de Santo António entre os quatro municípios portugueses em situação de “rutura financeira” em 2018

Vila Real de Santo António estava entre os quatro municípios em 2018 em rutura financeira entre os 24 com dívida acima do limite. Para além do município algarvio, Cartaxo, Fornos de Algodres e Nordeste encontram-se em situação de “rutura financeira”, pelo facto de o rácio de dívida total superar os 300%, segundo uma análise à execução orçamental da administração local …

Ler mais »