Pub

Em causa está a parte da estrutura do aeroporto que ficou danificada na madrugada de segunda-feira e que está ainda a ser reparada, disse fonte da empresa.

Em comunicado, a ANA avança que o fecho foi decidido na sequência da avaliação das condições de segurança do aeroporto "face às previsões meteorológicas para hoje nesta cidade, que preveem rajadas de vento na ordem dos 65 a 100 quilómetros/hora", mas informa que os voos previstos irão realizar-se.

Os passageiros estão a ser encaminhados para o parque de estacionamento P6 do aeroporto, onde está montada uma estrutura provisória para acolhimento.

Posteriormente, são transportados de autocarro para uma zona do terminal de autocarros, onde se faz “a segregação, ‘check-in’ dos passageiros e procedimentos de segurança”.

A evacuação do terminal está a ser feita desde as 11:30 e durará até às 13:30, “altura em que se regista um decréscimo de tráfego”.

Prevê-se “o dobro do tempo no processamento dos passageiros” e atrasos tanto nas partidas como nas chegadas, afirma a ANA, que lamenta o incómodo causado.

O processamento, check-in e controlo de segurança e fronteira vai ser feito em salas designadas para o efeito.

O aeroporto tem previstos para hoje 122 movimentos e até às 11:00 já se realizaram 28 partidas, informa a ANA, precisando que hoje serão processados 12 movimentos por hora, seis partidas e seis chegadas.

Uma parte significativa da cobertura da aerogare, a zona dos rent-a-car e a torre de controlo do aeroporto de Faro ficaram destruídas ou severamente danificadas na sequência do mau tempo registado na segunda-feira de madrugada.

Lusa
Pub