Pub

Assinatura_contrato_empreitada_etarA nova Estação de Tratamento de Águas e Resíduos (ETAR) de Faro-Olhão, hoje adjudicada por 13,9 milhões de euros deverá estar pronta dentro de dois anos, disse à agência Lusa a porta-voz da Águas do Algarve.

Segundo aquela empresa, responsável pelo sistema multimunicipal de abastecimento de água do Algarve, a nova infraestrutura, que foi projetada para assegurar serviço a mais de 113 mil habitantes, vai tratar os efluentes produzidos em seis freguesias dos concelhos de Faro, Olhão e São Brás de Alportel.

“As infraestruturas de tratamento existentes encontram-se subdimensionadas face às condições de afluência (qualitativa e quantitativa) atuais e assentam em sistemas de lagunagem, que se revelam desadequados face aos níveis de qualidade agora exigidos”, lê-se no comunicado emitido.

Um estudo prévio apontou como solução mais adequada a construção de uma única ETAR no local da atual ETAR de Faro-Nascente e a desativação da ETAR de Faro Nascente, da ETAR de Olhão Poente e ligação do subsistema de saneamento de Olhão Poente à nova ETAR.

A porta-voz da Águas do Algarve, Teresa Fernandes, explicou à Lusa que durante o período de construção da nova ETAR as infraestruturas existentes vão manter-se em funcionamento.

A empreitada inclui ainda o projeto alusivo ao Sistema Elevatório de Olhão, cujo custo somado ao orçamento da ETAR Faro-Olhão totaliza perto de 22,6 milhões de euros, financiados em 85% por fundos comunitários através do Programa Operacional Sustentabilidade e Eficiência no Uso de Recursos (POSEUR).

O arranque das obras depende da aprovação do Ministério do Ambiente dos documentos submetidos pelo empreiteiro a propósito do Relatório de Conformidade Ambiental do Projeto de Execução (RECAPE), observou Teresa Fernandes.

A cerimónia de adjudicação da obra contou com a presença dos representantes da Águas do Algarve, do consórcio que venceu o concurso público, dos presidentes das câmaras municipais de Olhão, Faro e São Brás de Alportel e do secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins.

A futura ETAR Faro-Olhão vai ficar situada no local da atual ETAR de Faro Nascente, na freguesia da Sé, concelho de Faro, a cerca de dois quilómetros a Este da capital algarvia, numa parcela no local do Sítio da Garganta, incluída na zona lagunar da Ria Formosa.

Pub