Inicio | Sociedade | Alcoutim distinguiu diácono Albino Martins com Medalha Municipal de Mérito

Alcoutim distinguiu diácono Albino Martins com Medalha Municipal de Mérito

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O diácono Albino Martins recebeu no Dia do Município de Alcoutim, 13 de setembro, a Medalha Municipal de Mérito, grau ouro.

O diácono Albino Martins foi distinguido na área da intervenção social na sessão solene que teve lugar no Espaço Guadiana, após o içar das bandeiras e a arruada que se seguiu pelas ruas da vila.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

As comemorações prosseguiram com a cerimónia dos agraciados que pretendeu “distinguir pessoas singulares ou coletivas de cuja atuação resultem assinaláveis benefícios para o concelho de Alcoutim”.

A Câmara de Alcoutim realçou que o “serviço de excelência, prestado na serra algarvia” pelo homenageado “impõe um sentido reconhecimento”, acrescentando que “na sua ação pastoral pelas aldeias e montes alcoutenejos, tem levado vida, esperança, alegria e fé às comunidades envelhecidas”.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“A sua missão, para além de toda a dinâmica pastoral, alargou-se ao apoio social aos idosos, dando origem ao Centro Paroquial de Cachopo e, sequentemente, ao Complexo Social D. Manuel Madureira Dias”, realçou a autarquia, acrescentando que a sua “missão pastoral e social, por solicitação do atual bispo do Algarve, D. Manuel Neto Quintas, foi alargada às paróquias de Martim Longo e Vaqueiros no ano 2011 e às paróquias de Alcoutim, Guiões e Pereiro em 2015, imprimindo uma nova dinâmica nas comunidades e marcando um símbolo da presença da Igreja nestes locais”.

A edilidade lembrou ainda que o diácono Albino Martins “é presidente dos Centros Paroquiais de Cachopo, Martim Longo e Vaqueiros, instituições que prestam serviço social nas valências de centro de dia, centro de convívio, apoio domiciliário e ERPI (Estrutura Residencial para Idosos]” e que “na sua presidência foi inaugurado, em 2017, o lar de Martim Longo e assinado com o município de Alcoutim o contrato de comodato para a gestão desse equipamento”.

“Para além do trabalho pastoral e social tem demonstrado grande preocupação pelo património edificado. Assim, através do seu dinamismo foi possível despertar consciências e desbloquear apoios para a salvaguarda dos seguintes equipamentos: igreja paroquial de Martim Longo, Centros Paroquiais de Vaqueiros e Martim Longo, Centro Pastoral de Martim Longo, capela do Espírito Santo de Martim Longo, igreja paroquial de Giões e igreja paroquial de Alcoutim”, complementou o município.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Na cerimónia em que foram também atribuídas as Medalhas de Honra do município, grau ouro, a Carlos Brito, ex-deputado, ex-militante, ex-membro da Comissão Política do Comité do PCP e ex-líder parlamentar daquele partido, e de mérito municipal, grau prata, a Maria Ribeiro Vicente, poetisa, ex-autarca, fundadora e presidente da Associação de Solidariedade Social, Cultura, Desporto e Arte dos Balurcos, o presidente da Câmara de Alcoutim também se referiu aos homenageados.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“Foi com um sentimento de profunda justiça que tive o privilégio de propor à Câmara a atribuição das medalhas municipais às personalidades que, simbolicamente, hoje agraciamos e que, pela sua ação, se destacaram na prestação de serviços relevantes para o concelho”, considerou Osvaldo Gonçalves.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“O município de Alcoutim agradece e reconhece, deste modo, a Carlos Brito, a Albino Martins e a Maria Ribeiros, agraciados com as medalhas de honra e de mérito, respetivamente. A natureza justa deste reconhecimento radica naqueles que são três percursos de vida que devem honrar os alcoutenejos e servir de exemplo para os mais jovens. Estamos perante três personalidades que, nas suas mais diversas áreas de intervenção, transformaram o inconformismo na vontade férrea de construir um futuro melhor, sendo entusiastas de uma cidadania ativa e, deste modo, transformando a sociedade em que vivemos num espaço mais humanista, onde o bem comum é um forte pilar e em que esta homenagem de hoje pretende refletir a voz de todos quantos se reconhecem na justiça deste ato. Há vidas que mudam vidas e, neste caso, os nossos agraciados com as medalhas de honra e de mérito são três desses casos”, sustentou.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Após a entrega da medalha pelo vereador Paulo Paulino ao diácono Albino Martins, este garantiu ter recebido a informação da atribuição “com um triplo sentimento” de “surpresa, gratidão e insegurança”, quanto às suas “fragilidades futuras”, não “querendo desiludir”.

O homenageado assegurou que todo o trabalho desenvolvido em favor das comunidades que lhe estão confiadas e nos Centros Paroquiais de Martim Longo e Vaqueiros, “é por amor à Igreja e aos cidadãos alcoutenejos” e fez questão de envolver na distinção todos os que consigo colaboram “na preservação do património, na área social e no serviço pastoral, nas sedes de paróquia e diferentes montes” daquele “vasto território”.

Na cerimónia foram ainda distinguidos trabalhadores da autarquia com a medalha municipal dos bons serviços e dedicação e assinado um protocolo de cooperação institucional para a cedência de um veículo do Município de Alcoutim à Guarda Nacional Republicana para “ações de vigia e acompanhamento das populações mais vulneráveis e isoladas”.

Verifique também

Paróquia e a freguesia de Sagres celebraram 500 anos de criação

A paróquia e a freguesia de Sagres celebraram ontem os 500 anos da sua criação. …

Folha do Domingo

GRÁTIS
BAIXAR