Pub

"A ação ‘Odeleite – uma aldeia mais limpa’ – foi decidida no âmbito de uma estratégia que visa tornar a imagem da aldeia mais atrativa para a população e os visitantes", explicou à Lusa Valter Matias, da Junta de Freguesia.

A mesma fonte disse que a ação foi decidida antes de ter tomado conhecimento da movimento "Limpar Portugal", que no mesmo dia vai procurar acabar com lixeiras e entulho acumulados por todo o país, mas "mal houve conhecimento a Junta aderiu logo a essa iniciativa".

Odeleite é uma das 11 aldeias típicas algarvias e o objetivo da Junta local é, segundo Valter Matias, "tornar a localidade mais limpa e melhorá-la para atrair mais visitantes".

"Esta é uma primeira ação em que pretendemos recolher o lixo que se foi acumulando nos espaços públicos e privados durante anos, mas há iniciativas paralelas, em que a Junta vai disponibilizar à população flores, terra e vasos e oferecer cal para pintar as casas, de forma a dar mais cor à aldeia, havendo depois um concurso", acrescentou.

Matias precisou que "no dia 01 de maio, no qual costuma haver festa na aldeia (feriado em que Odeleite recebe muitos visitantes para fazerem campismo), será escolhida a rua e a casa mais florida".

O responsável sublinhou ainda que a autarquia vai contar com a ajuda de população, clubes e associações locais e com apoio técnico e logístico da Câmara Municipal de Castro Marim para realizar a ação de limpeza.

Outra das iniciativas é um concurso para os melhores Maios, tradição em que bonecos tipo espantalhos fazem sátira política e social e que também serão avaliados no dia 01 de maio, acrescentou Valter Matias.

Lusa

Pub