Pub

Na cerimónia de entrega que teve lugar esta tarde, no Centro de Educação Ambiental da ALGAR, em Albufeira, foram contemplados os centros paroquiais de Santa Maria de Tavira e da Mexilhoeira Grande, as Conferências Nossa Senhora D’Alva de Aljezur, Teresinha do Menino Jesus do Rogil e Nossa Senhora da Conceição de Ferragudo da Sociedade de São Vicente de Paulo e as Santas Casas da Misericórdia de Aljezur, Lagos e Moncarapacho.

Os diferentes equipamentos foram adquiridos no âmbito do protocolo que cessou em 2009, referente ao “Projeto Tampinhas”, uma parceria entre a Associação de Solidariedade Social Tampa Amiga, a ALGAR e a AMAL em representação de todas as Câmaras Municipais do Algarve.

De janeiro de 2008 a março de 2009, foram recolhidas 56 toneladas de tampas de embalagens de plástico, com o objetivo de enviá-las para reciclagem e assim obter fundos para a compra de material ortopédico. Desta forma foi possível adquirir 47 cadeiras de rodas, 20 camas articuladas, uma scooter de exterior, e muitos outros equipamentos que foram agora entregues pela ALGAR a entidades da região, os materiais doados totalizaram cerca de 37.600 euros.

«As empresas não podem apenas limitar-se a desempenhar as suas funções primárias, mas também a desenvolver o seu papel social. A ALGAR é uma empresa algarvia, feita por algarvios, ao serviço do Algarve. É para nós uma honra poder participar numa ação que irá devolver a tantas pessoas a sua autonomia e bem-estar», explica Hélio Barros, administrador da ALGAR.

Não é a primeira vez que a ALGAR tem uma iniciativa deste género, a última foi em fevereiro de 2009, onde foram entregues 130 equipamentos ortopédicos, nomeadamente 34 cadeiras de roda, 14 andarilhos e 10 camas articuladas, a 38 instituições de solidariedade social e entidades públicas.

Pub