Breves
Inicio | Igreja | Algarve celebrou em Loulé os 80 anos da LIAM

Algarve celebrou em Loulé os 80 anos da LIAM

A Liga Intensificadora da Ação Missionária (LIAM) celebrou 80 anos no passado dia 13 de maio e, no Algarve, o aniversário foi assinalado no dia 7 deste mês, com a realização de um encontro em Loulé participado por mais de 200 membros dos 13 núcleos algarvios daquele movimento.

A iniciativa teve início com concentração no largo da igreja de São Francisco, seguindo-se a peregrinação até ao Santuário de Nossa Senhora da Piedade, popularmente evocada como Mãe Soberana, para a eucaristia que ali foi celebrada.

A celebração foi marcada por um forte cariz missionário, com destaque para os cânticos da responsabilidade de um grupo de cabo-verdianos do núcleo liamista de Loulé, e pela renovação da consagração dos liamistas algarvios a Nossa Senhora da Piedade.

O responsável da equipa de animação pastoral da LIAM, que presidiu à eucaristia, exortou todos os liamistas a olharem o futuro “com esperança” e a colocarem toda a sua energia na renovação do compromisso. O padre Nuno Rodrigues aproveitou também para se referir à vocação missionária e à “necessidade de pastores que saibam guiar o povo de Deus com ousadia e ao estilo do papa Francisco”.

Após a eucaristia, que contou no ofertório com a apresentação por cada núcleo algarvio de um símbolo representativo da sua zona, seguiu-se o almoço no salão de festas da Câmara Municipal e a tarde cultural com as atuações do Rancho Folclórico Infantil e Juvenil de Loulé, de uma cantora cabo-verdiana do grupo ‘Aviva’ e do Grupo Coral da Universidade Sénior.

O dia terminou com a degustação do bolo de aniversário e com o brinde aos 80 anos da LIAM. O padre Nuno Rodrigues destaca que a jornada constituiu “um momento de ação de graças e ao mesmo tempo de convívio fraterno”. “A LIAM do Algarve compromete-se a renovar-se e a alastrar para outras paróquias, pois como sempre nos exortou o pastor diocesano, o nosso bispo D. Manuel, o Algarve é verdadeiramente terra missionária”, acrescentou.

Fundada em Fátima em 1937, a LIAM é um movimento de leigos que procura dar visibilidade e vivência à dimensão missionária da Igreja em Portugal e, ao mesmo tempo, apoiar a missão que se faz além-fronteiras.

Verifique também

Bispo do Algarve participa na visita da imagem peregrina da Virgem de Fátima ao Luxemburgo

O bispo do Algarve participou ontem nas celebrações da 50.ª peregrinação de Nossa Senhora de …

Deixar uma resposta