Pub

“O Algarve foi a região que em todo o país gerou maiores proveitos totais – 546 milhões de euros – e a atividade turística no Algarve teve o melhor registo de sempre de turistas portugueses, com 3,8 milhões de dormidas registadas, ou seja, mais 4,7 por cento do que em 2009, disse Nuno Aires na apresentação que fez hoje na BTL.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) citados por Nuno Aires, o Algarve registou, no ano passado, 13.265 milhões de dormidas totais (mais 2,6 por cento que em 2009) e 3799 mil dormidas de residentes (mais 4,2 por cento), tendo chegado ao Aeroporto de Faro 5.348.798 milhões de passageiros (mais 5,7 por cento que em 2009).

Nuno Aires também anunciou hoje, durante a apresentação na BTL, que o Centro de Congressos do Arade, o maior da região, tem a partir deste mês uma “nova equipa de gestão e que a Entidade Regional de Turismo do Algarve (ERTA) era a primeira do país a ativar aplicações para iPhone e Android, com informações gratuitas em português e inglês.

A organização no Algarve de um "Congresso Europeu de Confrarias Enogastronómicas" com 700 participantes de nove países e 94 confrarias foi também anunciado hoje em Lisboa.

Sobre o programa de eventos “Allgarve”, Nuno Aires recordou que este ano a edição é dedicada ao Reino Unido, e que o cartaz está quase fechado.

O jazz de Duke Ellington Orquestra, a pop e soul da portuguesa Aurea, o fado de António Zambujo ou o som eletrónico dos ingleses Morcheeba vão pairar no Allgarve 2011, cuja abertura oficial é 05 de março em Faro.

No dia de arranque do programa "Allgarve", a 05 de março, está agendado um concerto no Teatro Municipal de Faro com atuações de artistas lusos como Joana Amendoeira, Mafalda Arnauth, António Zambujo, Viviane e Rui Veloso, e que vão interpretar temas com arranjos para orquestra.

A BTL, que decorre na Feira Internacional de Lisboa, no Parque das Nações, apresenta mais de 200 ofertas, incluindo descontos em hotéis e em pacotes turísticos que podem chegar aos 50 por cento.

A edição da BTL deste ano encerra domingo e tem pela primeira vez um espaço de turismo gastronómico aberto ao público, com stands que representam as regiões do Alentejo, Algarve, Lisboa e Vale do Tejo, Oeste, Porto e Norte e Serra da Estrela.

Lusa

Pub