Pub

Segundo o porta-voz do “Movimento de Fornecedores, Trabalhadores e Senhorios do Grupo Alicoop”, Joaquim Cruz, “há um grupo de fornecedores que está empenhado em garantir a entrada de dinheiro fresco na nova empresa a ser criada, cerca de 1,6 milhões de euros, nesta fase, com possibilidade de se vir injetar ainda mais”, disse hoje à Lusa.

Este cenário irá permitir “a reabertura de 27 lojas já a 1 de julho, que são cruciais por se localizarem nas zonas balneares”, explicou.

Os restantes 54 supermercados da cadeia Alisuper, acrescentou, “entram de imediato em remodelação para que, quando o verão acabe, em setembro, possam abrir já com nova insígnia”.

A reunião da comissão de credores está agendada para as 15 horas horas, em Lisboa, onde deverão marcar presença os principais credores da cooperativa, como o Millennium BCP, a Caixa Geral de Depósitos (CGD), a Caixa Agrícola e o BPN.

Lusa

Pub