Pub

Alunos provenientes de escolas de hotelaria e turismo de 11 países europeus quiseram reunir-se no passado dia 6 deste mês para celebrar a mesma fé cristã.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A celebração ecuménica teve lugar na igreja de São Francisco, em Faro, mesmo ao lado da Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve que acolheu os participantes da 27ª edição do ‘Christmas in Europe’, um dos mais importantes eventos da Associação Europeia de Escolas de Hotelaria e Turismo que tem como objetivo celebrar a riqueza e variedade das tradições de Natal dos diferentes países.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O ‘Christmas in Europe’, que teve início naquele dia e que hoje termina, trouxe a Faro alunos e formadores de escolas da Estónia, Luxemburgo, Itália, Países Baixos, Eslovénia, Croácia, Rússia, Letónia, Lituânia, Espanha, para além, de Portugal.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

A celebração, com que os participantes quiseram iniciar o evento, decorreu em língua inglesa e foi presidida pelo bispo do Algarve. “Estamos aqui reunidos como irmãos uns dos outros, amados por um único e mesmo Deus, que é Pai de todos. Mesmo que provenientes de países, culturas, famílias e tradições religiosas diferentes, é uma enorme alegria podermos estar, conviver, partilhar e rezar juntos. Por isso, estarmos nesta hora em oração, significa que queremos vencer todos os obstáculos existentes e construir uma humanidade mais fraterna e próxima”, afirmou-se na introdução.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O bispo do Algarve também realçou o significado daquela iniciativa para a desejada unidade. “Celebrar o Natal constitui sempre um convite a crescermos como irmãos, amigos e solidários, apesar de todas as nossas diferenças: língua, cultura, religião”, referiu D. Manuel Quintas, acrescentando: “diferentes na língua e nas tradições culturais, mas todos irmãos e irmãs, como nos recorda o Papa Francisco, e este tempo natalício que vivemos, sempre apoiados na bondade e na misericórdia de Deus nosso Pai”.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

“Sei que pertenceis a diversas confissões religiosas. Gostava que todos os não católicos se sentissem acolhidos. Aqui no Algarve, a Igreja Católica cultiva um relacionamento fraterno com diversas Igrejas cristãs: Igreja Anglicana; Igreja Luterana; Igreja Greco Católica de rito Bizantino (ucranianos); Igreja Ortodoxa Romena; Igreja Ortodoxa de Kiev; Igreja Ortodoxa Russa – Patriarcado de Moscovo; Patriarcado Ecuménico Ortodoxo de Constantinopla”, prosseguiu.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Os participantes rezaram ainda “pelos jovens do mundo inteiro, particularmente por aqueles que passam por momentos de desânimo e frustração, de perda de sentido e de esperança”, pelas “famílias do mundo inteiro”, pelos “amigos, especialmente por aqueles que foram mais afetados por esta pandemia e passam momentos em que a sua dignidade humana ou a sobrevivência são colocadas em causa”, “pelos que vivem em situações de migração e separação em busca de uma vida melhor”, “por aqueles que arriscam tudo na mudança de vida” e “pelos que se veem obrigados a deixar as suas famílias para procurar um futuro mais digno”.

Ao longo da celebração, as preces incluíram ainda pedidos por mais “diálogo”, “justiça” e “paz” e por “sociedades mais sadias e um mundo mais digno, sem fome, sem pobreza, sem violência, sem guerras”.

No final da celebração, foi inaugurado na Escola de Hotelaria e Turismo do Algarve um presépio tradicional algarvio, inserido na recriação de uma casa típica da região de meados do século passado.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo
Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

Os participantes do ‘Christmas In Europe’, que integraram 15 equipas, procuraram trazer a essência da identidade do Natal celebrado em cada país, também através da mostra dos trajes tradicionais, decoração de stands, recriação de tradições musicais e danças, demonstrações gastronómicas, preparação de buffet natalício e diversas outras atividades. Portugal foi representado por uma equipa da Escola de Hotelaria e Turismo de Viana do Castelo, que procurou mostrar a essência do Natal português.

Foto © Samuel Mendonça/Folha do Domingo

O programa incluiu também visitas dos participantes a vários pontos de interesse do Algarve, guiadas pelos alunos da escola, e ainda a possibilidade de o público em geral visitar a exposição e os stands de cada país na passada quarta-feira, 8 de dezembro.

Pub