Pub

A criação de Manuel Gomes da Costa é conhecida em Aljezur por meio do projecto da casa, propriedade da Santa Casa da Misericórdia local, que acolheu durante vários anos o Centro de Saúde da vila, que é da sua autoria. O estado de degradação do edifício, cedido gratuitamente ao então Centro Distrital de Saúde de Faro, que foi entretanto abandonado e vandalizado, motiva até hoje um litígio judicial entre a proprietária e a Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve (ver notícia).

A exposição, que já passou pelo Museu Municipal de Faro e pelo Centro Cultural de Vila Real de Santo António e que agora irá estar patente em Aljezur comissariada pelo arquitecto natural da terra, António Rosa, numa parceria entre a Câmara Municipal e a Misericórdia locais, resulta de um trabalho de catalogação sistemática da obra construída e não construída de Gomes da Costa com o intuito de a tornar conhecida.

“O sentido de oportunidade deste projecto, para além de demonstrar a importância da acção de Gomes da Costa na imagética moderna nas principais cidades do Algarve, pretende também, agilizar a preservação e assimilação consciente na memória colectiva deste património, que seguramente, integra o Algarve na rica agenda da arquitectura moderna portuguesa”, explica a organização da mostra itinerante.

Apoiada pela Ordem dos Arquitectos e pela Direcção Geral de Artes – Ministério da Cultura, a exposição pretende ainda “estabelecer contacto com diferentes tipos de público e sensibilidades, promover e estimular a discussão em torno da temática geral da arquitectura”.

A exposição, apoiada por um documentário de 20 minutos (ver excerto) e por uma apresentação de cerca de 1500 fotografias, consiste na mostra de 38 projectos que ilustram o percurso do arquitecto de Vila Real de Santo António. Os painéis com os projectos são acompanhados por quatro maquetas que traduzem tridimensionalmente alguns conceitos patentes na obra de Gomes da Costa.

Em complemento, são expostos alguns dos instrumentos de desenho, pequenos desenhos originais e prémios ganhos pelo arquitecto.

Recorde-se ainda que Gomes da Costa foi, a pedido do então Bispo do Algarve, D. Francisco Rendeiro, o autor do projecto da Casa de Retiros de Nossa Senhora do Rosário, em São Lourenço do Palmeiral (freguesia de Pêra), e das instalações mais recentes do Colégio de Nossa Senhora do Alto, em Faro.

A exposição em Aljezur será inaugurada hoje pelas 18h.

Samuel Mendonça

Pub