Pub

Ars_algarve_logotipoA Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve anunciou ontem que vai gastar cerca de 63 mil euros para renovar a extensão de saúde de Almancil, onde estão inscritos perto de 13.000 utentes.

“A ARS Algarve está a realizar obras de conservação, beneficiação, requalificação e adaptação funcional, com o objetivo de dotar esta unidade de saúde de melhores condições de funcionamento enquanto Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados, beneficiando tanto os utentes como os profissionais de saúde”, pode ler-se no comunicado que anunciou a obra.

O organismo que tutela a Saúde no Algarve refere que as obras, já “em curso”, estão orçadas em “cerca de 63 mil euros” e vão permitir que o edifício da Extensão de Saúde de Almancil seja adaptado para pessoas com mobilidade condicionada.

As obras vão pôr o edifício em consonância com “as normas técnicas de acessibilidade atualmente em vigor” e criar também “um novo gabinete de trabalho e espaços adequados para sujos e despejos e armazenamento de resíduos”.

“Com a realização destas obras, a cargo do Gabinete de Instalações e Equipamentos, a ARS Algarve IP pretende continuar com o processo de reestruturação e reorganização dos serviços de saúde na região, de forma estruturada e rigorosa, contribuindo assim para a melhoria da acessibilidade, do conforto e de uma maior humanização dos cuidados de saúde prestados à população”, considerou o organismo tutelado pelo ministério da Saúde.

A Extensão de Saúde de Almancil integra o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Algarve Central, um dos três que existem na região, juntamente com os Agrupamentos de Centros de Saúde do Barlavento e do Sotavento.

Pub