Pub

A proposta de Orçamento da Câmara de São Brás de Alportel para 2019, com um valor global de 12,9 milhões de euros, foi aprovada pela Assembleia Municipal (AM), anunciou o município.

A proposta apresentada pelo executivo socialista liderado por Vítor Guerreiro e aprovada previamente em sessão de Câmara foi aprovada na AM por maioria, com os votos favoráveis do PS e a rejeição das bancadas do PSD, CDS-PP e da CDU, precisou a autarquia algarvia.

“Alcançando um valor de 12.948.220,00 euros, o Orçamento Municipal agora aprovado reflete a continuidade na concretização do projeto autárquico que mereceu a confiança dos são-brasenses para o quadriénio 2017-2021, traçando novas metas para o futuro”, considerou a Câmara algarvia num comunicado.

A mesma fonte defendeu a “gestão equilibrada e rigorosa” que o orçamento permite seguir, através do “cuidado planeamento dos investimentos” e do esforço que a autarquia tem feito para garantir a “gestão das oportunidades do Quadro Comunitário em curso” e uma “melhor rentabilização possível dos recursos”.

A renovação urbana é uma aposta do orçamento para a “promoção da qualidade de vida e para a atratividade do território”, assim como o “incremento da Mobilidade e da Acessibilidade para todos” ou “valorização do património e revitalização do centro histórico” da sede de concelho, precisou.

“A prevenção cativa a maior parte deste investimento, que aposta forte na criação de faixas de gestão da floresta, trabalhos de silvicultura, abertura de pontos de água, aquisição de equipamentos, as parcerias com o Exército, o apoio aos Bombeiros Voluntários, parceiros primordiais nesta luta”, salientou ainda a autarquia serrana, numa referência à política de combate e prevenção de incêndios.

A ação social, a educação, a saúde, apesar de “não caber ao município competências diretas” nesta matéria, são também áreas às quais o orçamento de 2019 atende, segundo a mesma fonte.

A realização de recriação histórica, da Feira da Serra e da Festa das Tochas Florida são manifestações artísticas e de formação cultural também previstas no orçamento, referiu também a Câmara algarvia.

“Para 2019, o município de São Brás de Alportel pretende dar continuidade a um trabalho com visão de futuro e base sólida no passado. Temos a ambição de potenciar o desenvolvimento do concelho, sempre com a solidariedade e qualidade de vida dos munícipes no centro das decisões”, declarou o presidente da Câmara Municipal, Vitor Guerreiro, citado no comunicado.

Pub