Pub

“Não surgimos contra ninguém, mas como força ativa e efetiva em prol dos interesses, em que a capitalidade de Portimão tem de ser definitivamente assumida e reconhecida”, afirmou Manuel da Luz, durante a cerimónia da assinatura da escritura pública, no Teatro Municipal de Portimão.

A nova associação resulta de uma parceria que envolve a Câmara de Portimão e 60 empresas e empresários do setor turístico daquele concelho algarvio, com o objetivo de desenvolver estratégias de promoção do destino “Portimão”.

"Participaremos solidariamente na promoção do Algarve no estrangeiro, mas exigiremos aquilo que nos é devido, a promoção do destino Portimão”, observou o autarca.

Segundo o presidente da autarquia de Portimão, a associação será um parceiro municipal que partilhará decisões e projetos, que terá uma palavra a dizer na política de eventos, nas estratégias de promoção e que, ”num futuro próximo, integrará” a Associação de Turismo do Algarve.

Manuel da Luz recordou que Portimão foi o “berço do turismo algarvio, reconhecido” com a realização, em 1915, do primeiro congresso regional, na Praia da Rocha.

Para o autarca, a constituição da Associação de Turismo de Portimão, “quase cem anos depois, é um passo decidido e firme para reforçar o concelho como pólo de referência de qualidade e progresso”.

Manuel da Luz defende que, perante o atual cenário económico, a associação é o modelo “ideal que permite a união de esforços e a partilha de responsabilidades”, acrescentando que “é um modelo que está a ser adoptado nos principais destinos turísticos internacionais”.

Lusa

Pub