Pub

A Confederação dos Empresários (CEAL) e a Associação Empresarial da Região do Algarve (NERA) analisaram os problemas que afetam a economia na região que apresenta a taxa mais elevada de desemprego do país.

Em comunicado conjunto, as associações empresariais consideram "importante um sentido de responsabilidade e determinação" de todos os empresários do Algarve, na procura de "um rumo seguro e uma grande confiança no futuro".

A CEAL e o NERA consideram que o esforço conjunto "levará a que sejam ultrapassados os múltiplos aspetos" que condicionam a atividade económica e o desenvolvimento do Algarve.

As duas associações empresariais alegam ainda que as manifestações negativas e a repetida insistência em aspetos menos positivos da realidade regional, "só contribuem para uma crescente falta de confiança dos agentes económicos, das empresas e dos seus colaboradores".

Por isso, defendem a insistência na valorização das potencialidades de todos os setores, a fim de transmitir uma palavra de esperança a todo o tecido económico do Algarve.

"O turismo, agricultura, indústria, comércio e o mar devem ser valorizados em todos os projetos e iniciativas que tragam emprego e desenvolvimento, bem como numa melhor coordenação das relações do poder local e das entidades regionais com as associações empresariais", conclui o comunicado da CEAL e do NERA.

Lusa

Pub