Pub
© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

A taxa de ocupação hoteleira no Algarve subiu 9% em outubro, face ao mesmo mês de 2013, sobretudo devido ao aumento do número de turistas holandeses, irlandeses e britânicos, informou ontem uma associação do setor.

Em comunicado, a Associação de Hotéis e Empreendimentos Turísticos do Algarve (AHETA) adianta que a taxa de ocupação global média por quarto nas unidades de alojamento do Algarve foi de 65,7%, mais 9,3% do que em 2013.

De acordo com a AHETA, o crescimento relativo ao período homólogo deve-se à subida dos mercados holandês (mais 23,9%), irlandês (mais 22%) e britânico (mais 5,8%), sendo que o mercado alemão foi o que apresentou a maior descida (menos 2%).

As zonas de Monte Gordo e Vila Real de Santo António, Carvoeiro e Armação de Pêra e Albufeira apresentaram as maiores subidas em termos de ocupação, mas foi em Albufeira que se registou a taxa de ocupação média mais elevada (72,6%).

A mais baixa ocorreu em Carvoeiro e Armação de Pêra (59,2%), acrescenta a AHETA.

Por categorias, os aldeamentos e apartamentos turísticos de três estrelas e os hotéis e aparthotéis de quatro estrelas foram os que apresentaram as maiores subidas nas ocupações.

Os hotéis a aparthotéis de cinco estrelas registaram a ocupação mais baixa (56,3%), enquanto os de quatro estrelas registaram a mais alta (70,4%).

O volume de negócios aumentou 10,7% relativamente ao mês homólogo de 2013, conclui a AHETA.

Pub