Inicio | Cultura | Autarquias do Algarve estão mais contidas no “revéillon” mas mantêm festas grátis

Autarquias do Algarve estão mais contidas no “revéillon” mas mantêm festas grátis

Em Faro, a noite vai ser animada pela banda local “La Plante Mutante”, que irá interpretar música da década de 1980 no Jardim Manuel Bívar, num espetáculo com "performances" e momentos cómicos.

Em Albufeira, a praia dos Pescadores é o palco privilegiado para a festa, que tem como cabeças de cartaz os “Expensive Soul”, embora também esteja prevista animação noutras zonas da cidade.

Para a Avenida Sá Carneiro está programada uma “Star Parade”, que consiste num desfile de artistas de rua que vão recriar estrelas da música e do cinema com variadas “performances”.

Em Portimão, a festa é no miradouro da Praia da Rocha, que no último dia do ano se converte em Miradouro Dance Spot com Dj Deelight, numa noite marcada pelo habitual fogo-de-artifício.

Na cidade de Tavira, a festa terá lugar na Praça da República com o DJ Peter Sleeve e os “One Vision”, que prestam tributo à extinta banda britânica “Queen”.

Em Vila Real de Santo António, o programa das festas concentra-se em Monte Gordo, com três dias de concertos encabeçados pelos “Irís”, que atuam a 31, dia em que há também animação na cidade.

Já em Olhão, a festa deste ano será feita em moldes diferentes do habitual, estendendo-se durante quatro dias num recinto fechado com cobrança de entradas, já que é organizada por privados.

O programa, no Jardim do Pescador Olhanense, começa a 28 com o projeto algarvio “Smash”, seguindo-se no dia 29 o DJ Eddie Ferrer, no dia 30 o DJ Deelight e no dia 31 o DJ Pedro Tabuada.

A iniciativa é organizada por um empresário de Olhão, em parceria com a apresentadora de televisão Maya, num investimento de 80 mil euros e que conta com o apoio logístico da autarquia.

As entradas diárias variam entre cinco a quinze euros por dia, mas há também pulseiras para todos os dias, que podem custam 25 ou 55 euros, com jantar na noite de 31, sendo possível adquirir entrada só para o dia 31, com jantar, por 45 euros.

No que respeita à hotelaria, há vários pacotes especiais de fim de ano nas unidades algarvias, que podem ir dos 130 aos 390 euros por pessoa, consoante a classificação dos hotéis.

Em Albufeira, o Hotel da Aldeia oferece duas noites de alojamento, com pequeno almoço e jantar na noite de “revéillon” a preços desde os 186 euros (quarto individual) aos 459 (quarto triplo).

No hotel Tivoli Lagos os preços oscilam entre os 228 e os 396 euros por casal, com jantar de gala e “brunch” no dia de ano novo incluídos.

No Hotel Algarve Casino, na Praia da Rocha, Portimão, os preços praticados começam nos 240 euros por duas noites e no Casino de Vilamoura a festa e jantar de gala custam 180 euros por pessoa.

Já em Vilamoura, no Tivoli Marinotel, um quarto duplo com jantar e pequeno almoço nos dias 30 e 31 pode custar, no mínimo, 386 euros por pessoa.

Lusa

Verifique também

Infância, avós e novo circo marcam programa Lavrar o Mar no Algarve até maio

Dois espectáculos para a infância, outro de novo circo envolvendo avós e ainda uma caminhada …