Pub

O exercício "tem como objetivo o treino e avaliação do desempenho das equipas de intervenção do Departamento Marítimo do Sul e da Capitania do Porto de Portimão" e "pretende simular a resposta a um derrame acidental como resultado da colisão entre um navio de pesca de arrasto de grandes dimensões com outro navio atracado", explicou a Marinha em comunicado.

A Marinha precisou que o exercício será realizado com a preia-mar, sendo "fundamental reter a mancha do hidrocarboneto médio no interior do porto, evitando o seu espalhamento na ria formosa com a maré vazante", através "da colocação de barreiras para contenção do derrame em dois pontos opostos do porto de pesca".

Lusa

Pub