Pub

Em declarações à Agência Lusa, o comandante Vaz Pinto explicou que "a reunião extraordinária do Centro de Coordenação Operacional Distrital do Algarve contará, além dos habituais oficiais de ligação da PSP, GNR, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), com os cônsules britânico, holandês e dos Países Baixos".

"É uma reunião normal, na qual se vai fazer um ‘briefing’ para reavaliar a situação provocada pelo cancelamento de voos", afirmou o responsável da Protecção Civil do Algarve, frisando que "a reunião será presidida, como responsável político da região, pela governadora civil de Faro", Isilda Gomes, a partir das 17:00.

Vaz Pinto adiantou ainda que, além da governadora civil, vão estar também presentes na reunião o diretor do Aeroporto Internacional de Faro, António Correia Mendes, e o presidente do Turismo do Algarve, Nuno Aires.

O comandante distrital de Operações de Socorro disse ainda que a informação relativa às consequências do cancelamento de voos para o centro e norte da Europa "tem estado a ser canalizada para o ministério das Obras Públicas, Transportes e Comunicações.

Lusa

Pub