Pub

Elementos da proteção civil e da Polícia Marítima de Faro iniciaram ontem buscas para encontrar um homem que foi identificado através de uma mochila encontrada na Praia da Barrinha, disse à Lusa o comandante do Porto de Faro.

O alerta foi dado às autoridades pelas 17:00 com o relato de uma mochila e uns sapatos encontrados na areia e de ter sido avistada uma pessoa a entrar no mar mas que nunca foi vista regressar.

O comandante Nuno Cortes Lopes explicou à Lusa que foram encetadas buscas em terra e no mar e que ao verificar o conteúdo da mochila as autoridades encontraram bebidas, comprimidos e a identificação de um homem acompanhado por um serviço de psiquiatria, com idade compreendida entre os 30 e os 40 anos.

As diligências permitiram estabelecer contacto com a mãe do proprietário da mochila que confirmou que o homem pediu que o levassem ontem àquela praia e que não tinha regressado.

A mãe do indivíduo terá contado que existe um historial de problemas psiquiátricos e tentativas de suicídio.

Até ao cair da noite, as buscas contaram com elementos dos Bombeiros de Faro e de um tratocarro (veículo semelhante ao trator mas dotado de caixa de carga) da Polícia Marítima para as buscas em terra enquanto as buscas no mar contaram com o apoio de uma lancha da Polícia Marítima e uma lancha salva-vidas do Instituto de Socorro a Náufragos.

Os esforços para tentar encontrar o homem foram retomados durante a madrugada com vigilância naquela zona durante a preia-mar e ao início da manhã com recurso a um helicóptero da Força Aérea, disse à Lusa o comandante do Porto de Faro.

Pub