Pub

Em comunicado, a ANA afirma que “nesta altura já estão autorizadas as partidas, estando as chegadas limitadas a quatro movimentos/hora”.

Contudo, prevê que “as funções de apoio aos passageiros se mantenham reduzidas durante o dia de hoje e de amanhã (terça-feira)” e “lamenta o incómodo causado”.

Fortes rajadas de vento destruíram esta madrugada, cerca das 05:00, parte do teto do aeroporto de Faro, causando cinco feridos, um dos quais em estado grave.

O vento danificou também a torre de controlo, partindo quase todos os vidros, revelou o diretor do aeroporto, Francisco Correia Mendes.

Desde as 06:45 foi efetuado apenas um voo, com destino a Bristol, estando abertos dois check-in para Londres e um para Liverpool.

No aeroporto concentram-se milhares de passageiros que enfrentam dois tipos de carências: de informação e de comida, já que todos os postos de atendimento estão fechados ao público.

A situação agrava-se uma vez que entre os passageiros estão vários bebés.

Lusa
Pub