Pub

O animal marinho deu à costa hoje de madrugada e os técnicos da autarquia de Loulé vão removê-lo com uma grua, disse à Lusa fonte da Autoridade Marítima do Sul.

O comandante Marques Ferreira disse que a causa da morte é desconhecida, mas referiu que estes animais "por vezes adormecem à tona da água e que os navios acabam por passar por cima deles ou por serem atingidos pelas hélices".

Lusa

Clique na foto para vê-la maior

Pub