Pub

Há um mês uma baleia-de-barbas com 10 metros também apareceu no Algarve, na praia de Quarteira, em elevado estado de decomposição.

O animal marinho tinha dado à costa e os técnicos da autarquia de Loulé removeram o cetáceo também para o depositar num aterro.

Em declarações à Lusa, Élio Vicente, biólogo do Zoomarine em Albufeira, explica que a morte de baleias que aparecem ao largo da costa marítima, ou até mesmo nos areais, podem ter tanto de causa natural, nomeadamente de problemas fisiológicos, infeções bacterianas, problemas de parto, como pode estar relacionado com acidentes.

Há casos de animais mortos por terem ficado "presos em redes de pesca" ou por "atropelo de navios de carga, barcos de recreio ou motas de água" e basta uma pancada para ser fatal ou para causar ferimentos que causem mais tarde a morte do animal marinho, acrescentou o biólogo.

Lusa

Pub