Pub

A par dos mais de 37.000 voluntários, que estarão devidamente identificados à porta dos estabelecimentos comerciais para convidar os portugueses a associarem-se à causa através de um donativo alimentar, e da campanha de recolha de alimentos na “rua”, o Banco Alimentar disponibiliza ainda uma plataforma eletrónica em www.alimentestaideia.net para a compra e realização de donativos em alimentos, sem necessidade de deslocação aos estabelecimentos comerciais.

“Contamos com cada um para, individualmente, contribuir para este projeto comum que procura minorar as carências de muitas famílias portuguesas. Doar alguns alimentos pode ser um pequeno gesto individual que assume um grande impacto quando visto globalmente à luz da campanha”, realça o Banco Alimentar Contra a Fome.

No ano de 2011, foram recolhidos cerca de 30.251 toneladas de alimentos (com o valor estimado de 42,3 milhões de euros), num movimento médio de 121 toneladas por dia útil. De uma forma global, no último ano foram ajudadas mais de 337.500 pessoas, de acordo com os dados da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome.

Pub