Pub

Com base nas “recomendações” de Jesus no Evangelho de ontem, D. Manuel Quintas, que falava na homilia da Eucaristia de encerramento da visita pastoral a Estoi, desafiou os cristãos a serem “verdadeiros, sinceros e autênticos” e a proclamarem a “verdade” na sua vida. “A verdade impõe-se por si mesma, não é preciso andar a propagandeá-la. Só uma vida simples, verdadeira e humilde é que é vivida em plenitude, com gosto e sabor”, evidenciou o prelado.

O bispo diocesano advertiu que “a vida que não é vivida desta maneira torna-se insípida, insonsa, sem sabor e sem sentido”. “Falta-lhe o amor que lhe dá a plenitude da presença de Deus em nós, falta-lhe o sentido da doação e do serviço aos outros”, acrescentou.

Samuel Mendonça
Pub