Pub

D. Manuel Quintas, que falava na ‘Festa da Solidariedade’ que reuniu, em Faro, Instituições Particulares de Solidariedade Social de todo o país, apelou à criação de “dinamismos de esperança contra o pessimismo” e “de confiança contra derrotismos”. O prelado pediu ainda que todos se empenhem em “colaborar ativamente em dinamismos de solidariedade e de subsidiariedade contra egoísmos e injustiças”.

O bispo diocesano exortou também à “participação mais ativa e corresponsável contra absentismos” e ao “empenhamento no bem comum contra o refúgio de individualismos e partidarismos”.

D. Manuel Quintas defendeu ainda o “diálogo na procura de soluções para os problemas da nossa sociedade”, rejeitando “confrontos estéreis, sem perspetiva de futuro e de paz social”.

Samuel Mendonça

Pub