Pub

No passado sábado, dia 12 de maio, cerca de 1 milhar de estudantes finalistas da Universidade do Algarve reuniram-se para celebrar a conclusão do ensino superior na já habitual cerimónia da Bênção das Pastas que se realizou, uma vez mais, no Estádio de São Luís.

Durante a sua homilia, Dom Manuel Quintas fez alusão ao período difícil que o país atravessa: é “possível que a situação atual que atravessamos, profundamente ingrata para quem está a iniciar a sua atividade laboral, vos cause alguma apreensão em relação ao futuro, por não vos proporcionar as condições necessárias para poderes enriquecer a nação que somos com o vosso saber e o vosso dinamismo jovem e empreendedor.”

Também João Guerreiro, reitor da Universidade do Algarve, dedicou parte do seu discurso à conjuntura nacional: o “desemprego (…) atinge níveis que não estávamos habituados” Não obstante, congratulou a comunidade de finalistas: “estes novos graduados merecem os parabéns” e “sinceros votos de felicidades para a vida profissional que agora começa.”

Pedro Barros, presidente da Associação Académica da Universidade do Algarve, pediu aos jovens que levem “sempre o nome da vossa Universidade com o mesmo orgulho que ela vos recebem.”

Um representante dos estudantes finalistas entregou no final da celebração um envelope com cerca de 450 euros que reverterão a favor do Fundo Solidário Social da Diocese do Algarve que se destina a apoiar as vítimas da crise.

Rúben Oliveira
Pub