Pub

“Todos aqueles que pensavam que esta vinda do Papa serviria para confirmar tantos preconceitos existentes a seu respeito, saíram defraudados e não viram confirmadas essas expectativas”, constata D. Manuel Quintas, evidenciando que “as pessoas mudaram a concepção que tinham a respeito do Papa”. “Muita gente vinha falando do Papa, sem o conhecer e sem ler os seus escritos”, frisa.

O Bispo diocesano testemunha ainda que gostou de “muitos gestos de proximidade do Papa, de empatia com toda a gente” e considera que “a primeira celebração no Terreiro do Paço contagiou todas as outras”.

D. Manuel Quintas destaca ainda as “importantes palavras” do Papa no encontro com a Pastoral Social e em cada uma das suas homilias. “São um manancial de que podemos desfrutar”, considera o Bispo do Algarve para quem Bento XVI “semeou sementes de esperança na Igreja em Portugal e no coração dos portugueses”.

O prelado destaca ainda os discursos do Presidente da República que diz ter sido “muito feliz nas afirmações que fez”. “Interpretou muito bem o sentido do povo português em relação à ligação estreita histórica com o Santo Padre”, disse.

Samuel Mendonça

Pub