Breves
Inicio | Igreja | Bispo do Algarve considera que um “efeito benéfico” da atual crise é ajudar a procurar o essencial da vida

Bispo do Algarve considera que um “efeito benéfico” da atual crise é ajudar a procurar o essencial da vida

Em declarações ao Sul Informação e à RUA – Rádio Universitária do Algarve, na qualidade de convidado do programa radiofónico ‘Impressões’, D. Manuel Quintas sustentou que “as crises são sempre tempos de crescimento, de purificação de motivações, de aprofundamento de elementos essenciais da vida”. “Penso que esta crise pode ajudar-nos nesta busca”, considera o prelado.

Por outro lado, o bispo diocesano advertiu que “um Natal voltado para si mesmo, não faz sentido, é uma contradição”. “O verdadeiro Natal só acontece quando eu vou à procura dos outros, quando os incluo na minha festa e na minha vida”, alerta D. Manuel Quintas.

O bispo do Algarve exortou ainda os algarvios a que “procurem o essencial do Natal e da vida”. “E o essencial do Natal é muito simples: o que nós celebramos é um Deus que vem viver conosco, que se faz criança, que se faz menino, que se faz um de nós”, complementou, acrescentando que procurar o essencial na vida, passa por fazer uma reflexão “a nível familiar, de opções, de projetos de vida e até ao nível de gastos, de consumismo”.

D. Manuel Quintas lembra, por exemplo, que antigamente, na troca de presentes, “havia um consumismo muito irrefletido”. “Hoje, talvez as pessoas possam conseguir o mesmo objetivo sendo criativas, no modo como exprimem esse sentimento de fraternidade, proximidade e amizade”, considera.

O bispo do Algarve manifestou ainda a importância da esperança e de solidariedade, dimensões essenciais da mensagem de Natal que dirigiu aos algarvios e da sua homilia do dia de Natal.

Samuel Mendonça

Verifique também

Paróquias do Parchal e Lagoa e vicariato da Mexilhoeira da Carregação têm novo pároco

As paróquias do Parchal e de Lagoa e o vicariato da Mexilhoeira da Carregação têm …