Breves
Inicio | DA | Bispo do Algarve diz que Papa Francisco “é uma surpresa do Espírito Santo para a Igreja e para todo mundo”

Bispo do Algarve diz que Papa Francisco “é uma surpresa do Espírito Santo para a Igreja e para todo mundo”

EPA/Osservatore Romano
EPA/Osservatore Romano

O bispo do Algarve considera que o Papa Francisco “é uma surpresa do Espírito Santo para a Igreja e para todo mundo”.

“O Espírito Santo, com a sua criatividade, fecundidade e tendo presente as necessidades da Igreja, presenteia-nos com estes dons imprevisíveis”, afirmou D. Manuel Quintas, em entrevista à Rádio Costa D’Oiro, transmitida ontem entre as 13 e as 14h no espaço ‘Entrevista da Semana’, acrescentando que a “surpresa” do “gesto profético” de Bento XVI “foi continuada com a igual surpresa da eleição do Papa Francisco”. “Ficámos logo surpreendidos pelo seu primeiro gesto de se inclinar diante daquela multidão e de pedir que rezem [por ele], essa atitude de quem está disposto a servir a Igreja até ao mais profundo da sua vida, das suas forças e capacidades, mas, ao mesmo tempo, alguém necessitado da oração do povo. Esse gesto, logo aí, cativou-me profundamente”, confessou o prelado na entrevista realizada por Nuno Silva.

O bispo do Algarve diz-se “sinceramente convicto” de que “o Papa Francisco está a ser um verdadeiro dom para toda a Igreja e também para gente que vive um pouco nas franjas da Igreja, mesmo batizados que não se sentiam atraídos”. “Está a renascer neles uma saudade de Deus e de participar na vida cristã, de escutar a palavra [de Deus], de aprofundar o conhecimento da doutrina cristã e da Doutrina Social da Igreja”, sustenta.

Na entrevista de ontem, D. Manuel Quintas destaca um dos grandes ensinamentos de Francisco. “Este Papa está a ensinar-nos qual é o verdadeiro caminho de chegarmos ao coração das pessoas. Não é com ideias. As ideias, normalmente, dividem-nos. Ao passo que, quando falamos ao coração, à vida concreta das pessoas, através de gestos simples que toda a gente entende – não através de discursos eloquentes –, isso toca verdadeiramente e aquece o coração e a vida”, sublinha.

Na entrevista à Rádio Costa D’Oiro, a emissora propriedade da Diocese do Algarve em conjunto com as paróquias de Santa Maria de Lagos, Nossa Senhora do Amparo e Matriz de Portimão e de Lagoa, o bispo do Algarve considera ainda que as expressões do Papa “refletem a sua maneira de ser, de estar, de ser pastor”. “Sobretudo alertam-nos para o essencial da nossa vida cristã, de discípulos de Cristo, e a nós, concretamente bispos e presbíteros, para a nossa vida pastoral”, acrescenta, advertindo, contudo, que Francisco tem falado mais por atos porque “são os gestos e as atitudes que falam mais do que as palavras”.

A Rádio Costa D’Oiro, com sede em Portimão, pode ser sintonizada no barlavento algarvio através frequência 106.5 FM, sendo captada também no litoral do Baixo Alentejo ou ainda online, através do seu site.

A entrevista ao bispo do Algarve, cujo áudio disponibilizamos embaixo, será repetida na Rádio Costa D’Oiro na próxima quarta, 11 de dezembro, entre as 13 e as 14h e no dia 15 de dezembro às 12.30h, no espaço ‘Encontro com a palavra’.

Entrevista de D. Manuel Quintas à Rádio Costa D’Oiro:

Verifique também

Lausperene da Igreja algarvia concluiu-se com apelo a que se prossiga naquela iniciativa

A Igreja Católica algarvia concluiu na passada sexta-feira a cadeia de oração permanente ao Santíssimo …