Breves
Inicio | Educação | Bispo do Algarve lembrou aos finalistas da Universidade do Algarve qual é a “verdadeira sabedoria”

Bispo do Algarve lembrou aos finalistas da Universidade do Algarve qual é a “verdadeira sabedoria”

Bencao_finalistas_ualg_2016 (13)
Foto © Samuel Mendonça

O bispo do Algarve lembrou esta tarde aos finalistas da Universidade do Algarve (UAlg) que “a verdadeira sabedoria, mais do que saber acumulado ao longo dos anos de estudo, é saber assimilado e assumido na vida como expressão de valores que definem e qualificam o agir humano em todas as suas dimensões” convergindo para o bem comum, o bem de todos.

D. Manuel Quintas lembrou que “a sabedoria está ao serviço da pessoa humana e da defesa e promoção da sua dignidade”. “Esta sabedoria está também presente nos talentos, muitos ou poucos, com os quais somos dotados. A realização pessoal e a felicidade que eles proporcionam não reside na quantidade de talentos, mas na capacidade de os desenvolver e colocar ao serviço dos outros e do mundo neste tempo que nos é dado viver”, afirmou o prelado na celebração da bênção das pastas que hoje se realizou no pavilhão da Escola EB 2,3 D. Afonso III, em Faro, não tendo podido realizar-se dentro das muralhas da Vila Adentro como estava previsto devido às condições climatéricas.

Bencao_finalistas_ualg_2016 (3)
Foto © Samuel Mendonça

O bispo do Algarve deixou ainda um apelo aos estudantes. “Não desanimeis, nem desistais diante das dificuldades que, por ventura, tereis de enfrentar. Acolhei Cristo como companheiro de viagem que vos preparais para percorrer e a sua mensagem como inspiradora das opções que tereis de fazer ao longo da vida”, pediu no pavilhão desportivo que não conseguiu acolher todos os que gostariam de ter participado naquela celebração, sendo que a entrada não foi permitida a muitas pessoas por motivos de segurança que tiveram de aguardar na rua.

D. Manuel Quintas lembrou mesmo o caminho que os espera. “Exigirá o melhor de vós mesmos e, direi mesmo, exigirá o que melhor vos define e carateriza: o sonho, a criatividade, a persistência, a coragem, a ousadia de partir sempre de novo e com um novo começo se a vida vos obrigar”, afirmou, lembrando que, para além de Cristo, contam também com familiares e amigos e todos aqueles que os rodeiam “com muito afeto”. “Os vossos pais, hoje muito orgulhosos, sentindo-se recompensados por tudo o que fizeram por vós, e ao mesmo tempo decididos a prosseguir no amor, na dedicação e no apoio que sempre vos dispensaram e estou certo continuarão a dispensar-vos. Queremos continuar a apoiar-vos e é isso mesmo que queremos exprimir com esta oração de bênção. O vosso futuro será também o nosso futuro, já que precisamos do vosso saber e dinamismo jovem para que neste país que todos constituímos possam ser criadas condições de uma vida mais digna para todos”, complementou.

Cumprindo a tradição dos últimos anos, os estudantes entregaram ainda ao bispo do Algarve uma quantia monetária, resultante de uma recolha solidária realizada entre si, que reverterá para os cristãos perseguidos do Médio Oriente. O donativo juntar-se-á à recoleção dos cristãos algarvios na última Quaresma, com a indicação de que também que a UAlg se associou àquela causa.

Bencao_finalistas_ualg_2016 (17)
Foto © Samuel Mendonça

A celebração, promovida em colaboração pela Capelania e pela Associação Académica da UAlg, na qual se fez memória dos estudantes falecidos no último ano, foi concelebrada pelo capelão, o cónego Carlos César Chantre, e pelo padre Nelson Rodrigues, e contou ainda com a participação do diácono Rafael Rocha, do vice-reitor Pedro Ferré, do presidente da Câmara de Faro Rogério Bacalhau e com a atuação das tunas da academia.

Verifique também

Junta Regional do CNE cria equipa para inclusão de escuteiros com necessidades especiais

A nova Junta Regional do Algarve do Corpo Nacional de Escutas (CNE) decidiu criar mais …