Breves
Inicio | Cultura | Bispo do Algarve lembrou na abertura do Festival Jota que o importante é que a música leve até Cristo

Bispo do Algarve lembrou na abertura do Festival Jota que o importante é que a música leve até Cristo

Foto © Samuel Mendonça
Crossbeam – Foto © Samuel Mendonça

Na abertura do Festival Jota que está a decorrer no Vale das Almas, em Faro, o bispo do Algarve, que manifestou a alegria da diocese poder acolher pela primeira vez uma edição do maior festival de música de inspiração cristã de Portugal e um dos maiores da Península Ibérica, advertiu os participantes de todo o país que o importante é que, “através da música, da partilha e do conhecimento mútuo”, se aproximem, cada vez mais, da pessoa de Cristo.

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

“É importante não nos determos apenas na música. A música é apenas um meio, é apenas a linguagem”, sustentou ontem D. Manuel Quintas na abertura oficial do festival, pedindo aos jovens que participam no evento que decorre até domingo, 2 de agosto, que partilhem a “alegria”. “Procurai que este festival vos conduza, mais uma vez, à fonte dessa alegria que é a pessoa de Cristo. Da música a Cristo e de Cristo ao outro, como irmão, amigo e alguém que me ajuda a ser melhor”, complementou.

Foto © Samuel Mendonça
Yeshua – Foto © Samuel Mendonça

O prelado desejou ainda que o Algarve fique com uma “grande sementeira de juventude e de alegria que brota verdadeiramente da fé e da adesão à pessoa de Cristo”. “Desfrutai destes dias, deste encontro, desta partilha. Certamente que vós e nós, particularmente aqui no Algarve, seremos mais enriquecidos com a vossa presença, testemunho e alegria. Que deixe marcas em cada um de vós, porque em nós vai deixar seguramente”, pediu, congratulando-se com o facto de o festival incluir uma capela com o Santíssimo Sacramento.

Foto © Samuel Mendonça
Xpression Cross – Foto © Samuel Mendonça

O dia de arranque do Festival Jota começou cedo com a oração da manhã presidida, pelas 8.30h, pelo padre António de Freitas, assistente espiritual do Secretariado da Pastoral Juvenil da Diocese do Algarve, responsável organização logística do festival, para os festivaleiros que chegaram logo na quinta-feira. Seguiu-se depois o pequeno-almoço e uma manhã de praia.

Nico Montero - Foto © Samuel Mendonça
Nico Montero – Foto © Samuel Mendonça

Depois do almoço, continuaram a chegar muitos participantes de vários pontos do país, sendo que os jovens, depois de montarem as suas tendas, puderam visitar a exposição permanente no evento que integra os serviços, carismas e espiritualidades dos diversos serviços, departamentos e movimentos da diocese algarvia e não só. Realizou-se também uma visita ao centro histórico da cidade de Faro, bem como algumas atividades lúdicas e desportivas no recinto do festival.

Jovem Levanta-te - Foto © Samuel Mendonça
Jovem Levanta-te – Foto © Samuel Mendonça

Depois do jantar foram apresentadas duas das quatro bandas que integram “O teu palco”, um espaço destinado a revelar novos projetos musicais de inspiração cristã, uma delas da própria diocese algarvia. Realizou-se depois a abertura do festival, seguindo-se os concertos das bandas da noite. “Yeshua”, vencedores do espaço “O teu palco” da edição do ano passado do Festival Jota, e os farenses “Xpression Cross” foram os primeiros grupos a passar pelo palco. Seguiram-se as presenças internacionais de Nico Montero, de Espanha, e dos Crossbeam, banda britânica.

Jovem Levanta-te - Foto © Samuel Mendonça
Jovem Levanta-te – Foto © Samuel Mendonça

A noite de hoje acolheu ainda noutro espaço do recinto alguns números do teatro negro do grupo “Jovem Levanta-te” e o concerto intimista de Claudine Pinheiro que apresentou temas do seu próximo cd. A madrugada teve continuidade com o bom humor e a animação na tenda “Francamente”.

O Folha do Domingo é um dos media partners do Festival Jota.

Claudine Pinheiro - Foto © Samuel Mendonça
Claudine Pinheiro – Foto © Samuel Mendonça

Verifique também

Sistema inédito permite explorar obras no Museu Municipal de Faro com os cinco sentidos

Os visitantes do Museu Municipal de Faro já podem explorar 84 obras de arte com …