Breves
Inicio | Igreja | Bispo do Algarve presidiu no sábado à peregrinação nacional da Legião de Maria a Fátima

Bispo do Algarve presidiu no sábado à peregrinação nacional da Legião de Maria a Fátima

D_manuel_quintas_basilica_santissima_trindade_fatimaO bispo do Algarve presidiu no último sábado à peregrinação nacional da Legião de Maria a Fátima que contou com a participação de cerca de 250 algarvios, acompanhados pelo frei Paulo Ferreira, assistente espiritual no Algarve daquele movimento.

Após a oração inicial, as boas-vindas e a apresentação, D. Manuel Quintas aproveitou o tema da peregrinação – “Com Maria – Famílias de Amor e de Fé” – para se referir, de maneira particular, à realização da assembleia extraordinária do Sínodo dos Bispos sobre a Família como preparação para a assembleia geral ordinária, com três semanas de trabalho, que decorrerá em outubro de 2015.

No encontro à tarde no Centro Pastoral Paulo VI que contou também com testemunhos e com uma representação cénica sobre a “Família de Nazaré”, o prelado salientou, sobretudo, o conteúdo do relatório final e da mensagem do Papa, acentuando que Francisco recomenda a que se crie na Igreja uma nova sensibilidade que leve à criação de uma nova mentalidade em relação à valorização da família em si mesma e também no que diz respeito ao acolhimento, envolvimento e integração das famílias em “irregularidade canónica”.

Após um momento de oração, o desfile e a saudação a Nossa Senhora, D. Manuel Quintas presidiu ainda à missa na basílica da Santíssima Trindade.

Na homilia, tendo presente o tema das leituras do domingo, dirigiu-se, de maneira particular, aos legionários, uma vez que eles têm a família como alvo privilegiado da sua ação missionária e apostólica, pedindo-lhes que procurem cultivar aquilo que são as propostas do sínodo, nomeadamente aquelas que acentuou o Papa nas suas intervenções.

A peregrinação teve continuidade com a recitação do terço, a tradicional procissão de velas e uma vigília de oração durante toda a noite na basílica da Santíssima Trindade.

Ontem, a peregrinação foi presidida pelo bispo de Portalegre-Castelo Branco, D. Antonino Dias, tendo sido o dia iniciado com a realização da via-sacra no recinto do santuário, a recitação do rosário e a procissão com a imagem de Nossa Senhora para o altar. O ponto alto foi a celebração da eucaristia, terminando a peregrinação com o momento do adeus a Maria que regressou à capelinha por entre o acenar dos milhares de lenços.

A Legião de Maria é uma associação internacional de leigos católicos, fundada em setembro de 1921, em Dublin (Irlanda) e reconhecida pelo Vaticano em março deste ano.

O movimento nasceu naquele país por iniciativa de Frank Duff, um funcionário das Finanças que mais tarde assumiu o cargo de secretário particular do Ministério da Defesa irlandês.

Em Portugal, a Legião de Maria conta com cerca de 35 mil membros, publicando uma revista trimestral e um boletim mensal.

Verifique também

Paróquia das Ferreiras acolhe Oficina de Oração e Vida

A paróquia das Ferreiras está a acolher uma Oficina de Oração (TOV) e Vida desde …