Breves
Inicio | Igreja | Bispo do Algarve visitou Alcantarilha e Pêra

Bispo do Algarve visitou Alcantarilha e Pêra

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O bispo do Algarve encerrou no passado sábado a visita pastoral que realizou às paróquias de Alcantarilha (incluindo a comunidade de São Lourenço do Palmeiral) e Pêra, iniciada no passado dia 16 deste mês.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Na eucaristia de encerramento que teve lugar no recém-inaugurado Centro Pastoral de Pêra, D. Manuel Quintas congratulou-se com a semana “muito enriquecedora”. “Espero que nos ajude a todos a fortalecer a nossa fé e a predispor-nos a celebrar melhor esta mesma fé para que ela ilumine a nossa vida pessoal, familiar e profissional e para que possa também levar-nos a testemunhá-la com alegria no mundo”, afirmou.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O prelado quis então, naquela celebração, “louvar o Senhor” e explicou o motivo: “por todo o bem que pudemos verificar, receber, acolher e celebrar com todos aqueles que encontrei, seja nas escolas e nos jardins-de-infância com as crianças, os funcionários, na Santa Casa da Misericórdia [de Alcantarilha] com os mais idosos, pessoas acamadas e doentes que visitei, e depois nos grupos com catequistas, Corpo Nacional de Escutas e jovens”, afirmou.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

“Também pelo testemunho que vi de tanta gente, seja os que se dedicam aos doentes e pobres que visitam e a quem levam a eucaristia, aqueles que participam na vida das paróquias, também na organização para encontrar respostas, propostas e caminhos para a utilização deste centro pastoral. Quero louvar a Deus por essa generosidade e por todo esse serviço”, acrescentou, agradecendo “àquelas pessoas que têm maior disponibilidade e disposição e que, generosamente, servem a comunidade, apoiando o pároco em diferentes serviços e situações”.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

“Vou continuar a rezar para que esta visita possa animar-vos mais na fé e levar-vos a crescer mais como comunidades cristãs, verdadeiramente, adultas e maduras na fé”, acrescentou D. Manuel Quintas, considerando que a visita “foi muito gratificante”.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Por fim, agradeceu ao pároco, o padre Manuel Coelho, “pelo seu serviço e trabalho nestas duas paróquias”, que retribuiu o agradecimento pela visita realizada. “Aprendei muito com a simplicidade do senhor bispo e fez-me lembrar o Papa Francisco pela maneira como falava com as crianças, os idosos e os doentes. Isso ajudou-me também a crescer na fé e no amor a Deus e no amor aos outros”, testemunhou o prior.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Ao longo do presente ano pastoral de 2014/2015, D. Manuel Quintas visitará ainda as paróquias de Armação de Pêra e Porches, de 1 a 8 de fevereiro; e de São Bartolomeu de Messines, São Marcos da Serra e Silves, de 1 a 15 de março.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O Código de Direito Canónico estabelece que os bispos têm a obrigação de visitar toda a diocese ao menos a cada cinco anos, podendo, em caso de necessidade, delegar essa tarefa no prelado coadjutor ou auxiliar, ou ainda num padre.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Verifique também

Bispo do Algarve faz novas nomeações com apelo a uma “pastoral de convergência”

A “proximidade da festa litúrgica da dedicação” da catedral, que se celebra amanhã, 19 de …