Breves
Inicio | DA | Bispo do Algarve visitou Lagoa

Bispo do Algarve visitou Lagoa

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O bispo do Algarve terminou no passado domingo, 26 de janeiro, a quinta visita pastoral deste ano 2013/2014, desta vez à paróquia de Lagoa.

Na eucaristia de encerramento, D. Manuel Quintas exortou à corresponsabilidade paroquial. “Vamos prosseguir e deixar que esta luz fique mais viva pela escuta da palavra, pela eucaristia, pela oração, pela dimensão fraterna, pela prática da caridade e das boas obras. Que esta luz possa brilhar verdadeiramente no mundo de hoje. Só é possível que esta luz fique mais viva se todos nos sentirmos corresponsáveis da nossa comunidade paroquial”, afirmou, criticando “quem tem dons e qualidades e não os põe a render e não os coloca ao serviço da comunidade”.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

O prelado sustentou que essa colaboração “torna-se tanto mais urgente” quanto os “párocos vão envelhecendo”. “O vosso pároco, o padre José Nunes, que se tem dado totalmente a vós com muita dedicação, já há muitos anos, está a começar a ficar cansado e, por isso, necessariamente, é preciso mais apoio e ajuda da parte de todos, mais distribuição de tarefas”, acrescentou.

O bispo do Algarve exortou ainda ao aprofundamento da fé, lembrando que “não diz respeito apenas às crianças, adolescentes e jovens” e manifestou a “alegria” sentida durante a semana. “Foi uma semana em que pude partilhar a vossa vida, as vossas ocupações e as vossas preocupações também”, considerou, agradecendo o modo como foi acolhido. “Senti-me verdadeiramente em casa e em família”, disse.

© Samuel Mendonça
© Samuel Mendonça

Ao longo da semana, D. Manuel Quintas encontrou-se com os agentes da Pastoral Litúrgica, da Pastoral Sóciocaritativa, com os movimentos e associações, com os Conselhos Paroquiais, pastoral e económico, com as crianças da catequese, pais e catequistas, com os acólitos e com os agrupamentos 511 e 1331 do Corpo Nacional de Escutas.

O prelado visitou ainda a Câmara Municipal, a sede da União de Juntas de Freguesias de Carvoeiro e Lagoa, o posto da GNR, a Santa Casa da Misericórdia, as escolas, o quartel dos bombeiros, o Hospital Santa Isabel, o lar de idosos e o jardim infantil.

Neste ano pastoral de 2013/2014, D. Manuel Quintas visitará ainda a paróquia da Mexilhoeira Grande, de 9 a 16 de fevereiro, e a paróquia de Monchique, de 30 de março a 6 de abril.

O Código de Direito Canónico estabelece que os bispos têm a obrigação de visitar toda a diocese ao menos a cada cinco anos, podendo, em caso de necessidade, delegar essa tarefa no prelado coadjutor ou auxiliar, ou ainda num padre.

Verifique também

Quase 90 peregrinos algarvios vão peregrinar à Comunidade Ecuménica de Taizé

Como acontece anualmente, voltam a realizar-se este ano, durante o mês de agosto, peregrinações de …