Pub

BombeirosUm incêndio deflagrou hoje numa zona de canavial de Vilamoura, mas foi dominado após cerca de duas horas de combate, disse à Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro.

O fogo teve início cerca das 14:00 e “as dificuldades de acesso para homens e veículos levou à ativação de um meio aéreo” para ajudar a controlar o fogo, precisou o comandante distrital de operações de socorro de Faro, Vítor Vaz Pinto, referindo-se ao helicóptero usado para combater as chamas.

No local, “estiveram quatro corporações de bombeiros, a de Loulé, a de Albufeira e as duas de Faro”, com 10 veículos, num total de 42 operacionais, disse fonte do CDOS, referindo que o dispositivo contou também com elementos da GNR e com o comandante operacional municipal de Loulé.

O incêndio consumiu uma “zona de canavial e sapal situada no limite entre Vilamoura, no concelho de Loulé, e o município de Albufeira”, precisou ainda a fonte do CDOS.

O comandante Vaz Pinto disse ainda que o “helicóptero só foi ativado devido às dificuldades de acesso” que os bombeiros estavam a sentir no local, que “tinha muitas canas e dificultava a deslocação de homens e veículos” devido à falta de acessos.

“O fogo já se encontra dominado”, assegurou ainda a fonte do CDOS à Lusa, às 16:30.

Pub