Inicio | Economia | Turismo | Brexit: Algarve quer maior promoção do destino para manter procura dos britânicos

Brexit: Algarve quer maior promoção do destino para manter procura dos britânicos

Foto © Samuel Mendonça
Foto © Samuel Mendonça

O Turismo do Algarve alertou ontem para a necessidade de reforçar a promoção do destino no Reino Unido, para manter a procura, mas também de intensificar a proximidade com a comunidade britânica residente na região.

Em comunicado, a direção da Região de Turismo do Algarve (RTA), considera que é preciso “reforçar a relação de confiança” com os britânicos, mas também apostar na diversificação dos mercados emissores, para melhorar a complementaridade na procura.

Após uma reunião com agentes do setor, a RTA classifica como “francamente positivo” o resultado do desempenho turístico do Algarve no primeiro semestre do ano, tanto para este verão, como no que respeita a perspetivas futuras, não se registando quebras na procura.

“É unânime o entendimento de que deverá diligenciar-se uma atuação conjunta [entre os parceiros do setor turístico na região], com medidas que visem enfrentar e responder a eventuais impactos futuros” da saída do Reino Unido da União Europeia, designada por ‘Brexit’, lê-se na nota.

Segundo a RTA, o Reino Unido é o principal mercado turístico de Portugal, representando 8,3 milhões de dormidas anuais em alojamento classificado, e o Algarve é o principal destino dos turistas britânicos no país, registando cerca de 70% dessas dormidas.

Nesse sentido, “importa manter a confiança do destino na capacidade de os seus agentes continuarem a granjear a preferência dos turistas britânicos”, refere a direção da RTA.

Por outro lado, acrescenta, as receitas geradas pelos turistas do Reino Unido na região (1.500 milhões de euros, de um total nacional de 2.000 milhões) representam “um contributo significativo para o saldo da balança comercial de bens e serviços”.

A direção da RTA reuniu-se com mais de uma dezena de entidades do setor, nomeadamente, a associação regional de municípios, associações de empresários da hotelaria e restauração, imobiliária, aluguer de automóveis, animação turística e Aeroporto de Faro.

Verifique também

Ocupação hoteleira no Algarve na Páscoa foi a maior dos últimos 20 anos

A Páscoa aumentou a ocupação hoteleira no Algarve no mês de abril, registando-se o valor …