Pub

Marinha_salvamentoAs buscas para tentar encontrar o pescador algarvio que na sexta-feira caiu ao mar ao largo da praia do Ancão prosseguiram durante todo o fim de semana, tendo sido suspensas às 20:00 de ontem e foram retomadas na manhã de hoje.

De acordo com o comandante da Zona Marítima do Sul, nas buscas que decorreram por mar e por terra, estiveram envolvidos vários elementos da Polícia Marítima, apoiados por um navio da Marinha.

As operações para encontrar o pescador foram hoje retomadas pelas 07:00, por mar, com um navio, e por terra com patrulhas a pé.

O pescador, de 55 anos, está desaparecido desde sexta-feira de manhã, altura em que as autoridades receberam um pedido de socorro da embarcação onde se encontrava, a largar redes de pesca.

Segundo a Polícia Marítima, os colegas do pescador disseram que o homem ficara preso a cabos de “arte de pesca”, sendo depois arrastado para o mar.

Duas horas após o início das operações de busca, na sexta-feira, foi encontrada uma peça de roupa do pescador, a cerca de três milhas a oeste do local do acidente, ocorrido cinco milhas a sul da praia do Ancão, no concelho de Loulé.

Pub