Breves
Inicio | Ambiente | Cada algarvio produziu em média 90 quilos de resíduos recicláveis em 2018

Cada algarvio produziu em média 90 quilos de resíduos recicláveis em 2018

A empresa que recolhe o lixo urbano no Algarve tratou 39.543 toneladas de resíduos recicláveis em 2018, uma média de 90 quilos por habitante, verificando-se um aumento em relação a 2017, anunciou ontem a Algar.

Em comunicado, a empresa de tratamento de resíduos indica que nos últimos quatro meses de 2018 a recolha e o tratamento de resíduos aumentou 12%, comparativamente com o mesmo período de 2017.

Em 2018 foram recolhidos para reciclagem, por habitante, cerca de 32 quilos de papel/cartão, mais de 35 quilos de vidro e mais de 18 quilos de plástico/metal, na rede de 3.500 ecopontos instalada nos 16 municípios algarvios.

Entre janeiro e dezembro de 2018, as quantidades recolhidas foram superiores às verificadas no período homólogo de 2017, avançou a Algar, acrescentando que o resultado reflete a separação/deposição das embalagens recicláveis pela população, de cerca de 90 quilos por habitante”.

Segundo a empresa, a colocação de 781 novos contentores para a recolha seletiva de resíduos nos vários municípios algarvios resultou num crescimento de 7.827 metros cúbicos da capacidade de deposição em toda a região, traduzindo-se num rácio de um ecoponto por cada 126 habitantes.

A colocação dos novos recipientes de recolha resultou num investimento de 1,5 milhões de euros, cofinanciado pelo Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência no Uso dos Recursos (POSEUR), Portugal 2020 e União Europeia, através do Fundo de Coesão.

A Algar referiu que a recolha de resíduos indiferenciados “não teve incremento nas quantidades recolhidas no ano passado e indica uma maior adesão à separação seletiva por parte da população”.

A Algar é responsável por assegurar o tratamento de resíduos, processando anualmente cerca de 400 mil toneladas de resíduos urbanos e servindo uma população de 450 mil pessoas distribuídas por 16 municípios, segundo informação disponibilizada na sua página da internet.

Verifique também

Faro vai acolher cientistas que vão preparar relatório mundial sobre alterações climáticas

Especialistas mundiais em alterações climáticas vão reunir-se no início de 2020, em Faro, para prepararem …