Breves
Inicio | Sociedade | Caixa vandalizada na A22 ficará operacional até ao final do dia – EP

Caixa vandalizada na A22 ficará operacional até ao final do dia – EP

Em declarações à Lusa, fonte da EP garantiu que, à semelhança do que ocorreu nas três sabotagens anteriores naquela via, esta ação não danificou o registo das viaturas que passam por aquele pórtico: “Uma coisa é a recolha de dados, que não foi afetada, e outra a sua posterior transmissão.”

Segundo a mesma fonte, o pórtico regista a passagem dos veículos e guarda-os em registos que, posteriormente, são transmitidos à central. Os trabalhos de reparação têm precisamente o objetivo de “reparar a parte da transmissão”, algo que a empresa prevê ver resolvido “ainda durante o dia de hoje.”

A caixa, que serve as portagens da Via Infante de Sagres entre Olhão e Tavira foi vandalizada esta manhã por desconhecidos, que cortaram os cabos de fibra ótica existentes no interior do alçapão.

Trata-se do quarto incidente semelhante desde a introdução de portagens na autoestrada do Algarve, a 08 de dezembro.

O incidente ocorre 10 dias depois de uma outra caixa por onde passavam cabos fibra ótica ter sido vandalizada junto ao nó de Boliqueime.

Quatro dias antes, no dia 13, desconhecidos incendiaram e dispararam tiros de caçadeira contra o pórtico instalado entre Algoz e Guia, provocando ferimentos ligeiros a um funcionário da concessionária Euroscut.

Na madrugada do dia anterior, dia 12, um pórtico de cobrança de portagens junto ao nó de Boliqueime foi baleado e uma estrutura de apoio com meios informáticos foi incendiada naquele que constituiu o primeiro incidente do género.

Lusa

Verifique também

Cáritas do Algarve assinalou os 50 anos do seu Centro Infantil

A Cáritas Diocesana do Algarve assinalou na passada sexta-feira os 50 anos do seu Centro …

0