Pub

O protocolo entre a autarquia e o Banco Espírito Santo (BES) será assinado segunda feira nos Paços do Concelho e "tem como finalidade apoiar investimentos através do financiamento a microempreendedores, de molde a amparar a criação de autoemprego e/ou de negócio próprio, favorecer a inclusão social, combater o desemprego e a pobreza", explicou a câmara algarvia.

O microcrédito é uma modalidade de financiamento que permite a pessoas com poucos recursos económicos e sem possibilidades de acesso a empréstimos obterem financiamento para criarem negócios próprios, que são submetidos previamente à avaliação da instituição bancária.

"Julgamos que este é um bom exemplo que tem dado excelentes resultados por todo o mundo, merecendo inclusivamente a distinção da Organização das Nações Unidas como uma das mais eficazes ferramentas de combate à pobreza", afirmou a autarquia num comunicado.

A Câmara de Faro manifestou ainda a esperança de "celebrar protocolos com outras instituições financeiras que disponibilizem o recurso ao microcrédito nos termos do acordo ora alcançado" com o BES.

Lusa

Pub