Breves
Inicio | Sociedade | Câmara dá casa adaptada ao ferido grave da queda de uma bancada no Torneio do Guadiana

Câmara dá casa adaptada ao ferido grave da queda de uma bancada no Torneio do Guadiana

“O presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Luís Gomes, entregou hoje uma casa nova a José Silva, o ferido grave do acidente ocorrido na edição deste ano do Torneio do Guadiana”, anunciou a autarquia num comunicado.

O acidente deu-se a 30 de julho, após o Jogo inaugural da X Edição do Torneio do Guadiana entre o Benfica e os holandeses do Feyenoord, quando uma prancha da bancada cedeu, provocando seis feridos, uma deles em estado grave.

O ferido grave, um homem de 36 anos, teve que ser transportado de helicóptero para Lisboa e encontra-se atualmente numa cadeira de rodas devido às lesões sofridas na queda da bancada.

“Desde esse dia, a autarquia de Vila Real de Santo António tem apoiado José Silva e toda a sua família, desde o transporte a obras de adaptação na casa da mãe onde esteve a morar nos últimos meses”, disse a câmara.

A autarquia acrescentou que a entrega da casa “completamente adaptada” visa “minorar os problemas de mobilidade reduzida de José Silva e contribuir para eliminar algumas das barreiras físicas com que se depara no seu dia-a-dia”.

"O José Silva não está sozinho e não vamos deixar de o apoiar no que for necessário. Infelizmente não podemos fazer muito mais, mas esta é uma forma de lhe devolver um pouco de qualidade de vida”, afirmou o presidente da câmara, Luís Gomes

O comunicado cita também José Silva, para quem “esta casa vem ajudar em muito, pois tem tudo o que é necessário”, como portas mais largas e uma casa de banho preparada para a cadeira de rodas.

“Tenho de agradecer à autarquia o apoio, pois esta casa veio ajudar muito, em especial por ter tudo o que necessito a nível de mobilidade”, afirmou o homem que ficou numa cadeira de rodas devido ao acidente.

Lusa

Verifique também

Sismo de magnitude 3,9 na escala de Richter a sul de Faro

Um sismo de magnitude 3,9 na escala de Richter foi sentido ontem entre Faro e …