Pub

As condições de funcionamento e utilização do estacionamento para os funcionários e utentes do Hospital de Lagos foram estabelecidas através de um protocolo assinado entre a empresa municipal Futurlagos, gestora dos parques de estacionamento daquela cidade do Algarve, e a administração do Centro Hospitalar do Barlavento Algarvio (CHBA).

Para o presidente do conselho de administração do CHBA, José Ramos, "a partir de agora tudo ficará mais fácil", observando que "sempre foi um constrangimento grande ter uma unidade de saúde localizada em local com tão difícil estacionamento", tanto para os profissionais, como para os próprios utentes.

Segundo José Ramos, o entendimento com a autarquia "é um ponto de partida" para desenvolver e tornar mais eficientes os serviços prestados à população.

Por seu turno, o presidente da Câmara de Lagos frisou que o acordo pode significar um sinal por parte do CHBA "para que a unidade hospitalar não feche portas e continue a funcionar em pleno".

Júlio Barroso lembrou a importância da manutenção do hospital de Lagos em todas as suas valências, "de forma a garantir as melhores condições de assistência às populações, não só de Lagos, mas também de Aljezur e Vila do Bispo".

Para o autarca, o hospital contribui para a "afirmação de Lagos como um destino turístico de qualidade, seguro e com oferta de serviços de saúde adequada".

Segundo o protocolo, a parceria permitirá libertar a área de estacionamento junto da unidade hospitalar, para tomada e largada de passageiros urgentes e/ou com mobilidade reduzida ou condicionada.

O acordo garantirá aos funcionários o estacionamento "cómodo e em segurança" a preços reduzidos durante todo o ano e isenta do pagamento os utentes da urgência, consultas externas, acompanhantes e visitantes, durante a primeira hora.

Lusa

Pub