Breves
Inicio | Sociedade | Câmara de Loulé critica encerramento parcial da Segurança Social em Quarteira

Câmara de Loulé critica encerramento parcial da Segurança Social em Quarteira

Seguranca_socialA Câmara de Loulé criticou na sexta-feira a decisão da Segurança Social de encerrar parcialmente os serviços em Quarteira, onde os utentes da freguesia ficaram sem tesouraria e só poderão ter acesso na do concelho ou em Faro.

“Em virtude do encerramento parcial de serviços de Segurança Social em Quarteira, a Câmara Municipal de Loulé manifestou hoje [sexta-feira] o seu descontentamento e solicitou uma reunião com caráter de urgência à diretora regional, Ofélia Ramos”, anunciou a autarquia num comunicado, em que refere que não foi oficialmente informada da decisão.

O presidente da Câmara de Loulé, Vítor Aleixo, considerou que o encerramento parcial representa “um prejuízo manifesto para os utentes, pela redução dos serviços que vinham sendo disponibilizados aos munícipes do concelho”, que só ficam disponíveis a cerca de 15 quilómetros.

Citado no texto, Vítor Aleixo lamentou que os utentes desse serviço tenham que ir a Faro ou a Loulé para serem atendidos, porque nem todos têm a possibilidade de aceder aos serviços via Internet.

O autarca considerou ainda que esta decisão “é mais um retrocesso nos serviços prestados pela administração pública na região algarvia”, situação que “leva, cada vez mais, a um afastamento dos cidadãos das funções essenciais do Estado”.

A Câmara de Loulé adiantou que, quando se reunir com a diretora regional da Segurança Social de Faro, vai manifestar a sua surpresa pelo encerramento do serviço e a sua discordância da medida e procurar que se encontre “uma solução viável que se ajuste às necessidades dos munícipes em Quarteira”.

Verifique também

Fogo em Tavira obriga a cortar Via do Infante, mas trânsito já reabriu

Um incêndio florestal deflagrou hoje na zona da Eira da Palma, em Tavira, no Algarve, …