Pub

LaranjasA Câmara de Silves quer lançar uma marca da laranja do concelho e reativar a feira dedicada ao citrino, que deixou de realizar-se há 12 anos, disse à agência Lusa a presidente da autarquia.

“Queremos ter uma marca da nossa laranja. A laranja de Silves é única e isso é também uma forma de divulgar o concelho”, referiu Rosa Palma, observando que a maior parte da laranja produzida no concelho é exportada.

Um dos objetivos da autarca da CDU, eleita a 29 de setembro, é impulsionar o setor primário, potenciando o desenvolvimento da pesca, citricultura e apicultura e de produtos como o medronho e a cortiça.

“Creio que temos que dar condições a essas pessoas, que ainda têm alguma coisa e que ainda querem investir”, salientou, adiantando que quer reunir-se com os produtores locais para perceber de que forma pode a autarquia impulsionar o setor.

Rosa Palma disse ainda querer reativar a feira da laranja, que se realizou pela primeira vez em 1985 mas que foi suspensa em 2001, pelo anterior executivo (PSD).

A professora, vereadora no último mandato, foi eleita pela primeira vez para o cargo nas autárquicas de setembro, recuperando a câmara para a CDU, doze anos depois de domínio social-democrata.

Pub