Pub

Segundo a autarquia, as abordagens são normalmente seguidas de demonstrações ao domicílio com o único objetivo de vender um filtro ou algo semelhante que, segundo os impostores, “purifica a água”.

No mesmo comunicado, a Câmara faz questão de sublinhar que a água da sua rede é analisada mensalmente por uma empresa externa e especializada, tendo excelente qualidade.

Para concluir, apela a todos os que sejam abordados por indivíduos externos aos serviços do Município – Câmara e empresa municipal Sociedade de Gestão Urbana (SGU), que alertem diretamente as autoridades.

Pub